Subhead Image
Redefine

EMC Forum 2015

Brasil

Redefine.Next con Patricia Florissi

Patricia Florissi é vice-presidente e CTO (Chief Technology Officer) de vendas globais da EMC. Como CTO de vendas globais, Patricia ajuda a definir as estratégias de tecnologia de médio e longo prazos, que representam as necessidades de um ecosistema mais amplo da EMC nas iniciativas estratégicas da empresa. Patricia também atua como contato entre a EMC e nossos clientes e parceiros a fim de promover alianças e oferecer valor mais alto à carteira de clientes da EMC. Em oututbro de 2007, Patricia foi nomeada com um título honorário de Distinguished Engineer da EMC.

Patricia é criadora, autora, narradora e influenciadora gráfica da série de vídeos de treinamento EMC Big Ideas (http://bit.ly/EMCBigIdeas), que trata de tecnologias e tendências emergentes. Patricia também escreve artigos sobre o impacto do Big Data na aceleração da inovação para os boletins informativos de TI global do World Economic Forum (WEF) 2014.

Patricia começou na EMC como Distinguished Technologist na unidade de negócios da Ionix em fevereiro de 2005, por meio da aquisição da SMARTS (System Management Arts), e tornou-se CTO da Ionix em novembro de 2005. Como CTO, Patricia era responsável por definir e comunicar a visão de médio a longo prazo que a EMC adotaria para entregar soluções a fim de automatizar o gerenciamento de recursos da infraestrutura de informações. Patricia foi indicada como líder de iniciativa estratégica para o GRC (governance, risk and compliance) em agosto de 2008, sendo responsável por liderar a pesquisa, o projeto, a execução e a comunicação da estratégia e da visão de GRC da EMC. Patricia foi indicada como CTO de vendas nas Américas em janeiro de 2010, CTO nas Américas e na região EMEA em março de 2011 e CTO de vendas globais em julho de 2012. Antes de entrar na EMC, ela foi vice-presidente de soluções avançadas na Smarts em White Plains, Nova York. Nesse cargo, Patricia era responsável por pesquisar tecnologias emergentes e definir a estratégia usada pela Smarts para trazer ao mercado soluções que tratavam dos desafios apresentados por esses avanços tecnológicos. Patricia liderou a pesquisa, o projeto e a primeira versão de mais de meia dúzia de produtos. Esses produtos vêm gerando milhões de dólares em receita e ainda permanecem no mercado até hoje.

Patricia é Distinguished Engineer da EMC e fez doutorado em Ciência da Computação na Universidade de Columbia em Nova York, graduou-se e foi oradora com MBA da Stern Business School na Universidade de Nova York e tem título de Mestre e Bacharel em Ciência da Computação da Universidade Federal de Pernambuco, Brasil. Patricia tem diversas patentes e publicações em periódicos, inclusive no Computer Networks e IEEE Proceedings. Patricia é membro da diretoria da Columbia School of Engineering Board of Visitors. Fundada em 1955, a Columbia Engineering Board of Visitors é aprovada pelos administradores da Universidade de Columbia para "aconselhar e ajudar os administradores, a Faculdade de Engenharia e o Reitor no desenvolvimento da escola". Patricia é diretora do conselho consultivo do programa de graduação em ciência de dados no Instituto Politécnico Worcester (Worcester Polytechnic Institute), onde ela aconselha e ajuda no novo programa da escola. Patricia é membro da diretoria da Câmara Brasileira-Americana de Comércio, onde ajuda a promover relações com o Brasil. Além disso, Patricia também é membro e participa ativamente da organização AS/COA (Americas Society/Council of the Americas). Patricia também atua como mentora de diversos grupos dentro e fora da EMC. Ela é mentora e avaliadora do grupo MassChallenge de Boston, bem como do Boston Club para promoção das líderes femininas.